Designing for Web 2

de: Revolução Etc.

por Henrique Costa Pereira

Se você tem o hábito de ler na internet sobre web standards provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre Web 2. E se você só lê em português provavelmente você deve saber no máximo metade de toda a história. Provavelmente você leu aquele belo texto no Carreira Solo, deve ter lido também o texto do Diego Eis no Tableless e do Bruno Torres. Talvez você até se assustou um pouco com a opinião do Bruno sobre a posição em que o Brasil está em relação a web 2; infelizmente ele está muito certo. Realmente dezenas de sites grandes ainda não sabem nem trabalhar com hiperlinks, muito menos transformar a web em um ambiente de desenvolvimento integrado. Sorry enthusiastics!

No Brasil as empresas de web ainda estão em dúvida sobre os padrões, sobre os web standards, anos depois dos conceitos deles já estarem bem amadurecidos. Se soubessem todas as reais vantagens de se fazer parte do hoje (na verdade elas estão e constroem para o passado) a situação por aqui seria bem diferente. De fato a preocupação aqui parece mais estar relacionada ao status egocêntricos de grandes agências que querem fazer aquele gigantesco site em flash ou no estilo folder, e nem se preocupam como a informação é tratada. Bonitinho mais ordinário. O primeiro problema a ser resolvido no Brasil deve começar pelo ego, depois pela web. Valorizar design acima da organização da informação é mastubar-se na frente do espelho.

clique para continuar lendo…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: