Falem bem ou falem mal, mas falem coisas úteis sobre Web 2.0

Já li bastante sobre Web 2.0 – bastante, não muito ou ainda o suficiente. Mas posso dizer que ás vezes é de se ficar com raiva do tanto que falam e nada resovem. Bater na mesma tecla, se existiam ou não as ferramentas, se é preciso ou não dar nome, se é evolução ou não… é legal falar sobre essas coisas, todos os pontos precisam ser analisados e discutidos – mas não serem tomados como temas principais de uma discussão que é MUITO maior.

Acredito que o que existe é muita especulação sobre o assunto – tanto contra como a favor (obs: esse texto do Leo Hackin é BEM interessante, e na minha opinião discute o ponto certo sobre Web 2.0) – mas conteúdo de relevância mesmo, muito pouco. Se é hype falar que é legal, vem se tornando muito mais hype falar mal e causar polêmica, mas definitivamente, não agregar nenhum valor ao assunto.

Durante as pesquisas, fiquei surpresa com o tanto de bons conteúdos em espanhol e português de Portugal. Em Portugal até houve um encontro em Outubro de 2006, para a discussão de Weblogs, no âmbito da educação, jornalismo, cidadania, etc. Isso é discutir seriamente, discutir aplicações do que temos, não discutir quem inventou o que quando…

Se procura conteúdos e discussões sérias sobre o assunto, recomendo textos acadêmicos, como esse ‘O aspecto relacional das interações na Web 2.0’, de Alex Primo – direto, sem ‘EU ACHO QUE’, ou coisas do gênero ‘QUANDO EU COMEÇEI A USAR INTERNET’… Revistas querem vender e muitos (não todos) blogs querem visitas. Professores e pessoas que se dedicam seriamente ao tema pesquisam, buscam dados, referências e resultados, não escrevem por ‘achismos’ e/ou experiências próprias.

Se quiser escrever suas opiniões, muito legal, a internet está ai pra isso, compartilhar, democracia. Mas não acredite que sua opinião seja verdade absoluta, veja outras opiniões, esteja aberto e sem passionalidades.

Confesso que no inicio, até fiquei deslumbrada, achando nova maravilha da Internet, mas lendo, a gente descobre que não existe um único lado, uma única verdade.
Se você realmente se interessa pelo tema, não se deixe levar por opiniões somente contra, ou a favor, ou quem inventou, quando, onde. Veja o que temos disponível, use, explore, tire suas conclusões, depois as mude, e mude de novo. A história do ‘beta perpétuo’ da Web 2.0… Pense que SOMOS o beta perpétuo, ou você acha que já chegou na sua versão final? Oo

Só lembrando Mário Quintana:

Da Contradição

‘Se te contradisseste e acusam-ti…sorri.
Pois nada houve, em realidade.
Teu pensamento é que chegou, por si,
Ao outro pólo da verdade…’

 

esse texto foi publicado também aqui no site And After

Uma resposta to “Falem bem ou falem mal, mas falem coisas úteis sobre Web 2.0”

  1. Léo Hackin Says:

    Ei menina,

    Primeiramente, valew pela referência.🙂
    Segundo, bacana teu blog.

    Vou voltar a escrever em breve pra ver se tiro os spammers malditos e as teias lá do Blog e vamos ver onde isso vai parar. heheheh

    Abração.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: